Criança vê com as mãos - e às vezes com a boca também! :) -, aprende com as texturas e cores, experimenta, inventa brincadeira, imagina cenário, conversa com brinquedo... Ainda bem!


Mas muitos dados apontam para brincadeiras cada vez mais formatadas, homogêneas e plásticas, que pouco incentiva a imaginação e as experiências sensoriais. E a gente precisa falar do impacto dessas ações no mundo.


Além do plástico material, que demora mais de 100 anos pra se decompor, tem o plástico das relações, dos formatos e padrões para tudo, inclusive para o brincar. O plástico foi matéria-prima de 81% dos produtos do setor de brinquedos nas últimas três décadas no Brasil. Enquanto mais de 8 milhões de toneladas de resíduos plásticos são lançados nos oceanos todos os anos, continuamos produzindo, durante o mesmo período, o equivalente a 25kg do material por pessoa.


Atitude: Vamos gente, construir um mundo onde as coisas de verdade, o carinho e o cuidado sejam a bandeira principal.